Jericoacoara, um pedaço do paraíso no Ceará

Não é fácil chegar em Jeri. Para quem vai de Fortaleza, é bom se preparar para pelo menos quatro horas de viagem em estrada simples até Jijoca de Jericoacoara, onde há estacionamentos amplos que abrigam os carros dos visitantes (é preciso trocá-los por veículos com tração nas quatro rodas), mais 40 minutos para percorrer caminhos praticamente inexistentes, entre dunas e lagoas, jumentos e vacas. Tipo aventura mesmo. Mas todo o esforço é recompensado. MESMO.

A começar pela beleza natural: praias com águas azuis, pedras esculpidas com a ação da natureza, lagoas formadas no meio das dunas e um pôr do sol de tirar o fôlego, que pode ser apreciado 365 dias por ano do mesmo ponto, a Duna do Pôr do Sol. Tudo por conta de sua localização estratégica, a aproximadamente 3 graus abaixo da Linha do Equador. Também por motivos de localização, há muuuito vento na região, o que faz com que o mar de lá seja constantemente invadido por praticantes de wind e/ou kitesurf — principalmente no segundo semestre do ano, quando as condições ficam ainda mais favoráveis a estes esportes.

Jericoacoara atrai turistas do mundo todo, e muitos deles acabam passando longas temporadas no vilarejo. Talvez pela vibe roots, ou pela simplicidade dos moradores locais, pelo contato direto com a natureza, ou ainda pela falta de carros nas ruas (quase tudo é feito a pé). O fato é que sim, dá vontade de ficar. A boa infra-estrutura também ajuda: restaurantes especializados em frutos do mar, sorveterias artesanais, hotéis de luxo, pousadas dignas e com ótimo custo-benefício…

ONDE FICAR

Essenza Hotel
À beira mar, é o tipo de hotel despretensioso que não deixa de oferecer conforto e luxo. Foi inaugurado há apenas seis meses e já é superbem frequentado. O alvo principal são casais em busca de sossego; crianças com menos de 12 anos e animais estão proibidos por lá. Destaque para as piscinas particulares dos quartos superiores e para o visú mara, com direito a pôr do sol assistido de camarote. Preço da diária: a partir de 950 reais.

Pousada do Maurício
Com localização central e custo-benefício excelente, a pousada conta com quartos dignos, com ar-condicionado (obrigatório naquele calor!) e área comum repleta de redes brancas e azuis, disponíveis para os hóspedes descasarem entre um passeio e outro. Há ainda piscina e serviço de bar aberto ao público. Preço da diária: a partir de 120 reais.

ONDE COMER

Naturalmente
Na beira da praia, de frente para o mar e com décor impecável, serve crepes doces e salgados, com massa leve e fininha. Outros dois highlights: granola caseira e suco de açaí com limão e mel. Leve dinheiro vivo — o lugar não aceita cartão!

Tamarindo
Muita, mas muita gente me indicou esse restô. E o maior erro foi ter ido com as expectativas nas alturas. O ambiente é cool e o atendimento, de primeira. Mas o prato principal, um risoto negro muito bem servido (dá para dividir em duas pessoas), deixou a desejar. Mesmo assim recomendo o lugar, já que ele oferece um cardápio bem amplo e posso ter dado azar. Além disso, a entrada estava excepcional: ceviche de salmão com molho de… tamarindo!

Gelato & Grano
Sorvete artesanal produzido na própria vila, com sabores típicos do Nordeste. Meu preferido? O de tapioca. A porção pequena custa 8 reais.

O QUE FAZER

Duna do Pôr do Sol
Uma multidão é atraída diariamente para a duna localizada à esquerda da praia para assistir o sunsetfenomenal de Jeri. Enquanto uns observam o céu mudando de cor, as crianças jogam bola, os casais namoram e um grupo fiel se prepara para dançar capoeira. Lindo de ver!

Lagoa do Paraíso
É lá que ficam as famosas redes estrategicamente colocadas dentro de águas transparentes, como na foto abaixo. Há três formas de chegar: de buggy (120 reais), de quadricíclo (230 reais) e de pau de arara, uma espécie de lotação local que te leva até o centro de Jijoca de Jericoacoara e custa apenas 10 reais. Depois, é preciso enfrentar mais 20 minutos de caminhada.

Beco do Forró + Padaria Santo Antônio
Mesmo quem não é muito chegado a baladas em geral tem que conferir de perto o legítimo forró cearense. Para entrar, é cobrada uma taxa de 15 reais. No fim da festa, todo mundo migra para a Padaria Santo Antônio, que abre das 2 às 9 da manhã e produz pães generosamente recheados com calabresa, queijo, chocolate…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s